PROJETO BIBLIOTECA ATIVA

A proposta do projeto Biblioteca Ativa é oferecer atividades pedagógicas capazes de despertar o interesse pelos estudos e o prazer pela leitura, além de estimular habilidades da escrita. A Biblioteca Ativa da Escola Técnica Polivalente de Americana passou por uma fase de revitalização do espaço físico para proporcionar um ambiente agradável aos alunos, professores e comunidade escolar em geral. Um dos objetivos principais da Biblioteca é apoiar, incrementar e fortalecer o projeto pedagógico da escola, além de estimular e valorizar a leitura literária em seu cotidiano e ao mesmo tempo, proporcionar condições para que o educador possa fazer uso coletivo do texto escrito. Assim, é possível desenvolver e promover o acesso ao conhecimento disponível nos livros e o domínio crítico da linguagem entre seus alunos. A oferta de diferentes práticas leitoras, além de fortalecer a cultura de leitura e escrita, ensina o uso coletivo de bens públicos, no caso os livros e todo o acervo da Biblioteca, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades sócio emocionais, como a solidariedade e a cooperação.

História e Origem da Biblioteca

Nosso passado e memória foram registrados a partir das observações e conhecimentos desde os vestígios das pinturas rupestres, aos blocos de argila, os papiros, os livros até o armazenamento de dados em rede digital. A palavra Biblioteca é originária do grego bibliotheke, que chegou até nós através da palavra em latim bibliotheca, derivada dos radicais gregos biblio e teca que, respectivamente significam livro e coleção ou depósito. Enfim, etimologicamente, significa depósito de livros (CUNHA, 1997). No entanto, no sentido contemporâneo, como salienta Souza (2005), a palavra Biblioteca não deve apenas se referir a depósito de livros, mas sim a toda e qualquer compilação de dados registrados em diversos suportes, seja em meio físico, eletrônico, digital ou virtual. Além disso, caso o acervo esteja em meio eletrônico ou virtual, o conceito se amplia e o acesso ao seu acervo e serviços pode ser universal. Dentre as mais importantes Bibliotecas da Antiguidade pode-se citar a de Nínive, a de Pérgamo, as gregas, as romanas e, principalmente, a Biblioteca de Alexandria, a mais famosa e importante do mundo antigo (BATTLES, 2003). Apesar da importância e grandiosidade “[...] nenhuma Biblioteca da Antiguidade sobreviveu” (SOUZA, 2005, p. 3). (Foto 01)

Breve História da Biblioteca Nacional

É possível afirmar que o surgimento da Biblioteca Nacional começou com a chegada da Família Real Portuguesa, em 1808. Quando a rainha de Portugal, D. Maria I, e de D. João, príncipe regente, chegaram ao Brasil trouxeram um imenso acervo de livros e manuscritos. Em 1821, a Família Real regressou a Portugal e grande parte do acervo foi levada de volta. Três anos depois da proclamação da independência, a aquisição da Biblioteca Real pelo Brasil foi regulada mediante a Convenção Adicional ao Tratado de Paz e Amizade celebrado entre o Brasil e Portugal, então a Biblioteca Real passou a se chamar Biblioteca Imperial e Pública da Corte e com o passar dos anos foi intitulada Biblioteca Nacional. “Quando a Biblioteca passou a ser do Brasil, o país teve que pagar pelos títulos que ficaram aqui. Uma espécie de indenização que custou oitocentos contos de réis” conta o historiador Maurício Santos. O crescimento constante e permanente do acervo foi fundamental para a realização de um projeto de construção de uma sede que atendesse a todas as necessidades da biblioteca. Com base nisso foi projetado o atual prédio, que passou a ser construído em 15 de agosto de 1905, durante o governo de Rodrigues Alves. A inauguração se realizou em 29 de outubro de 1910. Além de um grande conteúdo para pesquisas, a Biblioteca Nacional possui um Escritório de Direitos Autorais para registro e averbação de direitos de autor. Em 2006 foi criada a Biblioteca Nacional Digital concebida de forma ampla como um ambiente no qual estão integradas todas as coleções digitalizadas colocando a Fundação Biblioteca Nacional entre um dos maiores e mais organizados acervos virtuais do mundo. (Foto 02).

Biblioteca de Alexandria

bib1

Foto 01 - https://escolaeducacao.com.br/biblioteca-de-alexandria/

Biblioteca Nacional- RJ

bib2

http://visit.rio/que_fazer/biblioteca-nacional/ (Foto 02)

Você já leu?

“Você já leu?” - tem como proposta divulgar e sugerir a leitura de obras literárias e técnico científicas a toda a Comunidade Escolar sobre as obras existentes na Biblioteca. Quanto mais oportunidades o aluno tiver de ouvir, ver e sentir leituras alheias, maior será o seu repertório e a sua sensibilidade para compreender o que lê e ouve.

bib3

Mayombe é um livro do escritor angolano Pepetela. Conta as histórias de guerrilheiros reunidos em uma base na floresta do Mayombe. Provenientes de diversas tribos, eles se unem para lutar contra os tugas, isto é, os portugueses, que buscam manter seu domínio sobre o país.

Mostre seu Talento!

Divulgar a produção do aluno através de exposições, pinturas, interpretações literárias e teatrais, shows musicais e trabalhos acadêmicos para motivar uma frequência espontânea e sábia no uso do potencial e dos espaços da Biblioteca.

bib4

ETEC - POLIVALENTE DE AMERICANA

DIRETORA: Mary Damiani

Coord. Pedagógica: Deise de Souza

Responsáveis pela Biblioteca: Vera M. Penteado e Edna N. Ardito